quinta-feira, 31 de março de 2011

Os homens e seus segundos pintos

Vou ser ácida, e nem tão polida, me perdoem as moçoilas, mas pra já deixar bem claro que nem sempre sou tão gay como ficou esse blog. E nem por isso menos moçoila que qualquer uma de vocês.

Ouvi, não me perguntem como nem o porquê - e isso nem muito difícil é -, um cara se vangloriando por ter comido duas meninas ao mesmo tempo. E daí os amigos todos soltaram aqueles grunhidos de animais no cio, acharam muito louco e ele saiu ostentando um segundo pinto. Sim, é isso mesmo. Duas meninas idiotas, daquelas que você com certeza apresentaria pra sua mãe, e provavelmente bêbadas, deram para ele na rua, no telhado, na frente da ex namorada, se beijaram, ele viu, participou e parabéns, campeão! Ganhou o seu segundo pinto. Aí contou pros amigos e começou a andar todo pimpão e serelepe, ostentando essa masculinidadade toda. E há várias situações em que eu acredito que isso aconteça. Pasmem-se, e acreditem nisso, não é uma anomalia, é um poder. É um segundo pinto, cara. Tá-raan.
 
O cara que vira matador no trânsito, segundo pinto. O casado que come a secretária rapidinho no almoço, segundo pinto. O tio que pega a menininha escondido, segundo pinto. O que bate na mulher e justifica, segundo pinto. O que bebe, e bebe, e pula muros, destrói carros, se sente o devasso da madrugada, segundo pinto. Homens que não podem se apaixonar (e vão morar com os papais até os 40anos). Tudo segundo pinto. Você tá entendendo onde eu to querendo chegar? Eu tô querendo chegar é na orelha desses babacas e dizer pra eles enfiarem os seus devidos segundos pintos em seus respectivos e únicos - espero - cus. Porque quero ver só se num viram um bando de capados na hora de tomarem atitudes de homens de verdade.
 
E se tiverem mais de vinte e poucos anos, nem quero.

PS. nada do que aqui despejo, generalizo.

2 comentários:

owerdose disse...

O foda é que as mulheres acabam gostando mais dos homens assim dos que tem "um pinto" só ! Esse lado "cabuloso" é que alimenta o ego do macho , o perigo é exagerar.

Léa disse...

É isso mesmo Paula. Menina corajosa de falar a verdade, o que acontece muito mesmo, principalmente nesta cidade, onde os caras têm muito pouco a fazer, além do tereré e das corridinhas de carro na Afonso Pena. Bebem, bebem e...usam os segundos pintos para se exibirem, achando que isso é o máximo! E os amigos ainda aplaudem!