segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Submissão.

Não me importam seus erros.
Seus atos falhos, suas pisadas em falso.
Sua grosseira forma de sair de si.
E entrar em mim.
E me invadir.
E me dilacerar.

Amor não é um sentimento. É uma decisão.
E eu decidi te amar.
E eu vou até o fim.

2 comentários:

João Gabriel disse...

morri com tanta força em poucas linhas.

sempre que entro aqui, saio de queixo caído

Mel disse...

Amor não é um sentimento. É uma decisão.
E eu decidi te amar.
E eu vou até o fim.


Gostei (: